Funchal guarda espólio do actor Virgílio Teixeira

By 26 Outubro, 2017Inesquecível

 

O actor madeirense mais charmoso do século XX passeia agora o seu encanto por toda a área do segundo piso do Teatro Municipal Baltazar Dias.

Na semana em que o Funchal assinala os cem anos do nascimento de Virgílio Teixeira, que nasceu a 26 de Outubro de 1917, aquela sala de espectáculos dedica três dias a fazer a justa homenagem ao homem que decidiu passar os seus últimos anos na terra onde nasceu. Agora, vai ficar eternizado nos corredores onde tantos madeirenses e turistas passam.

Ontem à noite, a vereadora Madalena Nunes inaugurou o núcleo expositivo dedicado a Virgílio Teixeira, que passa a estar em exibição permanente na denominada ala do cinema.

São setenta objectos que foram doados à cidade do Funchal pela viúva do galã, Vanda Teixeira, convidada de honra da Câmara Municipal para o momento. Ficam agora à guarda da autarquia os galardões, fotografias, recortes de imprensa e documentos privados, o que era, de resto, um sonho do do homem que passeou o seu charme pelos corredores de Hollywood, como Sophia Loren, Omar Sharif, Charles Heston ou Rita Hayworth.

Madalena Nunes enalteceu, na ocasião, “a enorme honra da Câmara Municipal em associar-se à maior referência de sempre do cinema madeirense”, sublinhando que este reconhecimento “era um dever da cidade que o viu nascer. É aqui mesmo, na nossa terra, que devemos dignificar aqueles que melhor nos representaram e que levaram o nosso nome mais longe. Esta é mais uma prova, absolutamente simbólica, de que hoje, no Funchal, a Cultura é encarada com a reverência que merece.”

PARTILHAR:Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPrint this pageEmail this to someone